Epidermólise Bolhosa

5 (100%) 1 vote

Existem tantas doenças e muitas delas são tão raras que nunca ouvimos falar como é o caso da Epidermólise Bolhosa e por isso trouxemos tudo para vocês ficarem por dentro desta doença que apesar de grave, não é contagiosa. Infelizmente esta doença ainda não tem cura e é hereditária e é um defeito na fixação da epiderme  o que causa enorme fragilidade na pele.

As pessoas que possuem a Epidermólise Bolhosa são chamadas de “borboletas” porque possuem a pele tão sensível quanto às asas de borboletas. Existem vários tipos da mesma doença sendo que as mais simples são as menos graves.

Abaixo explicaremos detalhadamente.

publicidade

Epidermólise Bolhosa

Epidermólise Bolhosa: Características e tratamento

  • A epidermólise bolhosa se caracteriza pela sensibilidade muito acentuada na pele e mucosas com formação de bolhas sempre que a pele passar por qualquer atrito.
  • Existem três tipos da epidermólise bolhosa sendo a mais simples onde as bolhas e feridas só aparecem nas mãos e pés, a forma juncional que afeta o intestino, boca e esôfago e a forma distrófica onde os dedos dos pacientes aderem uns aos outros.
  • O tratamento precisa ser preventivo e todo cuidado é pouco para não machucar e evitar traumas e em crianças o ideal é usar luvas não aderentes. Caso já esteja machucado o tratamento deve ser feito com antibióticos prescritos pelo médico e conforme o passar dos anos os pacientes aprendem a evitar as lesões e a doença fica menos severa.

É importante ressaltar que o maior problema das pessoas que possuem a doença é realmente o preconceito já que a aparência das feridas não é nada agradável, por isso quando se depararem com alguém que tenha epidermólise bolhosa, seja natural porque ninguém está livre de ficar doente.

publicidade

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*