Como se prevenir contra Febre Amarela

5 (100%) 1 vote

A Febre Amarela infelizmente ainda é uma doença que causa preocupações principalmente nos meses de janeiro a abril, período das chuvas onde ocorre maior incidência da doença. Nessa época, há um aumento da quantidade do mosquito transmissor e maior atividade agrícola, que leva ao deslocamento de um número maior de pessoas às áreas com risco de transmissão. Existem dois tipos diferentes de Febre Amarela: a urbana e a silvestre.

A principal diferença é que nas cidades, o transmissor da doença é o mosquito Aedes aegypti, o mesmo da dengue. Nas matas, a Febre Amarela ocorre em macacos e os principais transmissores são os mosquitos dos gêneros Haemagogus e Sabethes, que picam preferencialmente esses primatas. Esses mosquitos vivem também nas vegetações à beira dos rios. Primeiro picam o macaco doente e depois, o homem.

Como se Prevenir contra Febre Amarela

É importante ressaltar que a Febre Amarela silvestre só ocorre em humanos ocasionalmente. São os macacos os principais hospedeiros, os mosquitos transmissores só picam homens que invadem o habitat dos macacos.

Quais os principais sintomas da Febre Amarela?

Dependendo da gravidade, a pessoa pode sentir febre, dor de cabeça, calafrios, náuseas, vômito, dores no corpo e icterícia onde a pele e olhos ficam amarelados.

Como evitar a Febre Amarela?

A única forma de evitar a Febre Amarela é a vacinação.

A vacina é gratuita e deve estar disponível nos postos de saúde em qualquer época do ano.

É válida por 10 anos.

Devem ser aplicadas 10 dias antes da viagem para áreas de risco de transmissão da doença.

Recomenda-se que o viajante sempre que possível use calças e camisetas de manga comprida e repelentes contra mosquitos.

A Febre Amarela tem cura?

A Febre Amarela não é fatal para todas as pessoas que a adquirem.

Não existe tratamento antiviral específico e o tratamento visa controlar as complicações da doença que atacam rins e fígado.

Importante

O Ministério da Saúde adverte que sejam vacinadas pessoas que residam ou forem viajar para os seguintes locais: todos os estados das regiões Norte e Centro-Oeste, Minas Gerais, Maranhão, sul do Piauí, oeste e sul da Bahia, norte do Espírito Santo, noroeste de São Paulo, oeste de Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*